Geração Startup

Geração Startup

Quanto de tecnologia faz parte do seu dia a dia? Em casa, a conexão da rede wi-fi envia sinal para todos os computadores e telefones sem necessitar de vários cabos de internet, os eletrodomésticos podem ser ligados através de um comando de voz, e ainda existem outros benefícios tecnológicos possíveis na atualidade que tornam uma residência inteligente. Mas, ao sair na rua, onde está a tecnologia? Do aplicativo ou app (conforme é mais conhecido) que é utilizado para pedir comida via smartphone, ou até mesmo chamar um carro para ir até um restaurante. O que esses exemplos têm em comum? A resposta para essa pergunta começa com um termo em inglês, que cada vez é mais frequente de se ouvir no Brasil. Startup.

 Os dois exemplos acima, são do Ifood, que é controlado pela Movile, e já é um “Unicórnio”, ou seja, como são chamadas empresas que tem valor de mercado avaliado em pelo menos 1 bilhão de dólares. Já o valor da empresa Uber, é avaliado em 82,4 bilhões de dólares. Falamos de empresas que começaram sendo Startups, e ao longo dos anos foram recebendo aporte de investidores para colocar as ideias e projetos em prática de maneira mais rápida. Hoje conquistam cada vez mais espaço competindo com grandes empresas, aliás, elas já são grandes empresas.

Estamos falando de inteligência artificial, que conecta tecnologia e pessoas. Empresas que tem o objetivo de trazer inovação para o mercado, solucionando as demandas da população com um preço final muito mais competitivo. Podemos até dizer que estamos na Geração Startup, pois, segundo dados da Associação Brasileira de Startups, (ABStartups), o Brasil tem hoje mais de 13 mil Startups. Sendo que 60% delas, estão na região Sudeste. Ao todo são 588 cidades que contam com Startups, com um total de 10 mil empreendedores.

A construção civil também sabe se beneficiar desse modelo de mercado. As chamadas Construtechs, que são Startups que utilizam a tecnologia para resolver demandas da área da construção civil através de um modelo de negócio que pode ser escalável e repetido. A “Geração Startup” dentro da construção civil, possui empresas que trabalham utilizando a tecnologia com impressão 3D; realidade virtual; robótica, entre várias outras tecnologias aplicáveis. A inteligência artificial, possibilita inclusive, a possibilidade de entregar o manual do proprietário, totalmente online com armazenamento em nuvem.

A força das Construtechs, ou Startups da Construção Civil, pode ser melhor entendida através de números. No ano de 2018, foram investidos mais de 2 bilhões de dólares nessas Startups, e de acordo com a Boston Consulting Group, o uso de tecnologia que já está sendo aplicada na Construção Civil quando se trata de construções de obras que não sejam moradias residenciais, pode gerar uma economia de 1,2 trilhão de dólares por ano na fase de projetos, e mais 500 bilhões de dólares, na operação.

Quer saber mais sobre Tecnologia na Construção Civil?

Estamos à disposição!

É só entrar em contato:

(47) 9937-7823

ferrari@fastbuilt.com.br

QUEM É A FASTBUILT

Somos uma empresa de engenharia, focada em Soluções de Tecnologia para Elaboração do Manual do Proprietário e Manual AS BUILT. Temos um time de Engenheiros e Programadores experientes e comprometidos com a INOVAÇÃO e TECNOLOGIA, sempre buscando o aperfeiçoamento e utilizando os mais modernos sistemas de TI, plataformas e INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL.